23.9.10

Sem carros?



Ontem foi o dia europeu sem carros. Foi ver os políticos andar por aí em metros, autocarros e comboios com os jornalistas atrás (único dia que andam de transportes públicos - tirando os deputados do Bloco Esquerda que esses costumo vê-los no autocarro frequentemente).
Lembro-me no primeiro ano em que este dia se comemorou é que foi mesmo a sério, as ruas estavam cortadas para carros, só se podia ir para centro de Lisboa mesmo de transportes públicos... sinceramente este ano (e nos últimos) não tenho visto as pessoas a aderirem. Não vejo qualquer diferença de um dia normal. Tenho pena...

4 comentários:

Anuska disse...

Por aqui nem se deu por nada

MAG disse...

Continuo a achar que ainda não existem transportes suficientes, pelo menos não à hora de ponta. Os metros e os comboios estão constantemente apinhados. E depois existe a questão de algumas pessoas sairem muito tarde do trabalho e morarem longe. Eu, por exemplo, não tenho autocarro para casa a partir das 20h. É complicado, eu antes ia de comboio, mas entre 1h:30 e 30 mts para chegar a casa, prefiro a última, até porque o doggy dog está lá sozinho. Bjs

krasiva disse...

Sim...também acho que a rede de transportes tem de ser melhorada, para as pessoas terem opção para fazerem escolhas.

JS disse...

Apesar do Funchal ter aderido, não se notou diferença nenhuma.