29.8.12

Pequeno-almoço de antigamente...

Finalmente alguém que me compreende...a  D. Nazaré (ver este video lá para os 4 minutos).

Uma coisa que adoro comer desde pequena (graças à minha avó), e que sempre que falava nisso as pessoas achavam que eu era maluca e faziam uma cara de enjoo:

Pão torrado com azeite e açúcar 

 :)  Uma delícia. 

Obrigada D. Nazaré

27.8.12

Mais vale tarde que nunca...

As coisas que eu descubro...

uma peónia e uma rosa-albardeira são a mesma flor!!


26.8.12

Azulejos...


Esta manhã fui conhecer o Museu Nacional do Azulejo, era um dos poucos museus em Lisboa que ainda não tinha visitado… e hoje só me arrependo de não o ter feito há mais tempo. Gostei muito. Saí de lá com vontade de encher a casa de azulejos.

A exposição permanente começa com uma apresentação resumida das técnicas de fabrico do azulejo, e continua com um percurso que segue a linha cronológica da azulejaria em Portugal, desde o séc.XV até à actualidade. Resumo aqui http://mnazulejo.imc-ip.pt/Data/Documents/Percurso%20MNAz.pdf

Sabiam que “azulejo” é uma palavra derivada do árabe e que significa "pequena pedra polida", e que foram os mouros que os trouxeram para a península ibérica?


D. Catarina de Bragança e D.Carlos II de Inglaterra




Padronagens pombalinas usadas na reconstrução das casas depois do terramoto

Um dos painéis que contam a história da vida do chapeleiro



Painel de 23m que retrata toda a cidade de Lisboa antes do terramoto
Maria Keil - Metro Intendente

Fernando Pessoa


24.8.12

Viver abraçada ao fado, morrer abraçada a ti...



E para começar bem a minha semana de férias, saí do trabalho e fui a uma das "Visitas Cantadas na Mouraria", visita ao património histórico deste bairro, com direito a fado e tudo. Hoje a fadista de serviço foi a Teresa Tapadas. Estas visitas são gratuitas e decorrem às Sextas, Sábados e Domingos, às 18h30 até ao final de Setembro, para isso basta aparecer a essa hora à porta da igreja da N.Sra.Saúde no Martim Moniz.
Já passei nesta zona tantas vezes e tanto pormenor que me andava a escapar. Se andarem por Lisboa não deixem de conhecer o bairro da Severa e da Mariza.

Deixo a banda sonora dedicada à zona:

 





Informações aqui

22.8.12

E o trabalho do Vhils, já conhecem?

É um jovem artista, é português e chama-se Alexandre Farto. Faz um trabalho lindo nas ruas das cidades, por esse mundo fora. Os trabalhos mais conhecido são os retratos, numa espécie de baixo relevo escavado a berbequim,  deixando à vista o contraste entre a superfície da parede e o tijolo para dar forma às faces dos rostos que projecta nas paredes.





Conhecer mais aqui

21.8.12

Revistas online...

A minha descoberta de ontem...e estou viciada... - Revistas online de borla aqui sobre três dos meus temas favoritos: viagens, cozinha e design :)





18.8.12

a pista é igual...

Eis a campanha publicitária alusiva à participação portuguesa nos Jogos Paralímpicos - “O sonho é igual”. 

 A pista é igual, a dedicação é igual, o objectivo é igual. 

A única diferença é que os atletas paralímpicos costumam ganhar mais medalhas :)

16.8.12

Baptizados...



Já há muitos anos que não ia a nenhum baptizado. Minha gente, conselho desta vossa amiga, se querem baptizar os “putos” façam-no quando eles ainda são bebés de colo ou depois quando já são grandes. Pela experiência do último fim-de-semana, 2 anos não é a idade ideal para começar a fazer parte da família cristã. Houve gritos, choradeira até mais não, correrias, tropeções, enfim…não sei como o padre não se passou…e coitada da criança que estava muito assustada por não estar a perceber nada do que se estava a passar. Mas foi hilariante ;)

15.8.12

O sentido da vida - o filme

O novo projecto do realizador de José e Pilar, Miguel Gonçalves Mendes, chama-se O Sentido da Vida



Resumo :  "Miguel (um personagem), descobrindo que tem uma doença à qual pode não sobreviver, decide iniciar uma viagem sem rumo, pelos cinco continentes, à procura do sentido da vida, sem saber se esta jornada alguma vez terá fim. Simultaneamente, em pontos distintos do globo, seis personagens arquetipais - um comediante, um político, um realizador, um escritor, uma músico, e um ateu – ajudam a traçar um filme em trânsito, em que diferente histórias colidem e confluem para uma resposta a uma mesma pergunta: ”Qual o sentido da nossa existência?”. Não será possível colocar esta questão sem uma visão mais ampla e é daí que surge um sétimo arquétipo: um astronauta, que contempla o mundo do espaço e nos observa na nossa real insignificância."

Dada a crise económica e falta de subsídios para o cinema, a equipa do filme pretende envolver o público no sistema de financiamento. Assim existem diferentes modalidades de participação:
- Co-produção: qualquer pessoa que invista um valor igual ou superior a 5.000€ será creditado com esta função e terá direito à percentagem de lucro correspondente ao orçamento final, depois de cobertos os custos.
- Donativo ou compra de qualquer DVD do realizador (valor reverte totalmente para o projecto - 10€).
- Compra de um frame (fotograma) do filme:
      - autografado, como mera figura simbólica (2€), que enviam quando o filme estiver terminado.

      - com o próprio retrato da pessoa, efetivando assim a sua participação no filme, numa sequência específica em que várias caras se sobrepõe no ecrã (20€), e será enviado impresso quando o filme estiver terminado. 
-entre outras...


Teaser e outras informações:  http://osentidodavida.cinema.sapo.pt/

13.8.12

catálogo IKEA 2013

E o que estava à minha espera quando cheguei hoje a casa?
O catálogo fresquinho do IKEA para 2013...



Não é que tenha assim coisas mega-espectaculares... mas o IKEA já faz parte da família, já temos uma ligação afectiva e ficamos felizes quando surgem coisas novas.

A inovação deste catálogo é que são apresentadas sugestões para incentivar as pessoas a personalizar as suas peças IKEA. É uma óptima estratégia em termos de marketing, dado que vem contrariar a imagem que se criou à volta do IKEA, em que temos supostamente todos casas iguais.

Por isso inspirem-se... e toca a transformar...

7.8.12

Ortega, bem podias agradecer...

Ortega** bem podias agradecer a todo o mulherio por seres o terceiro homem mais rico do mundo... e fazeres umas promoções de jeito e não aquelas vergonhas de ultimamente.

Ainda ontem contribui com 15€ para a tua conta...e não sei se não estou já arrependida.
Nisto não tens culpa directamente, eu é que sou parva e só olho para o preço e se fica bem ou não... e esqueço-me de olhar para a etiqueta no interior... Assim comprei uma blusa que só pode ser limpa a seco. Como se a minha carteira e a minha paciência desse para ir pôr o raio da blusa à lavandaria sempre que a vestir.  Enfim...as minhas compras super inteligentes.



**Quem não conhece Amancio Ortega  é dono do grupo Inditex (Zara  e afins)

3.8.12

Por aí...







Já que a finalidade do blogue é não me esquecer das minhas memórias, deixo aqui algumas fotos de uns dias passados no Norte há uns tempos atrás. (Frecha da Mizarela - Arouca; Fisgas de Ermelo -Vila Real)

1.8.12

No Reino da Freaklândia



Na 6ª feira sai na estação de metro do Aeroporto e havia dezenas de jovens a "acamparem" por ali, que me pareceram terem vindo directamente de avião da "Freaklândia", que deve ficar algures entre a Alemanha e a Holanda.

No entanto, só hoje é que percebi porquê... vieram para o Festival Boom que ocorre na Idanha-a-Nova... famoso mundialmente (aliás, o site está só em inglês), e é uma onda transe, zen, eco, e à volta disso.

Sempre que vejo freaks fico sempre a pensar que freak nunca pode ter origem nas classes pobres, freak só pode ser classe média e ter pais com algum dinheiro, porque apesar de aquele ar de que "não preciso de dinheiro, basta-me a natureza" é porque têm a certeza que alguém os socorre quando precisam.  E para além disso basta fazer contas: o bilhete do boom é 180€+ viagem+comida+erva e afins...a coisa não sai barata.

Bom festival...my friends :)