31.12.11

2012 ...só um guia orientador...




□  Viajar cá dentro e fora
□  Melhorar o inglês
□  Mudar de emprego, para a área que quero
□  Vestir melhor mas no meu próprio estilo
□  Fazer posts mais pessoais, relacionados com o meu percurso de crescimento pessoal
□  Andar mais a pé e de bicicleta
□  Aprender minderico
□  Enviar mais postais
□  Formação na área de gestão de ONG
□  Ler mais e fazer recessões críticas, para registar o que aprendi com eles
□  Não engolir sapos
□  Demonstrar mais aquilo que sinto
□  Seguir o lema do Gandhi “Felicidade é quando o que pensamos, o que dizemos e o que fazemos estão em harmonia”
□  Ser mais criativa
□  Aprender finalmente a costurar
□  Ser mais concentrada, mesmo quando não gosto do que estou a fazer, fazer com mais brio
□  Procrastinar menos
□  Tratar da minha saúde (check-up, análises, dentista,…)
□  Organizar mensalmente um jantar com amigos ou família
□  Criar um projecto novo
  Escrever algum artigo
□  Emagrecer uns 4 kg
□  Abrir uma actividade em part-time
□  Ficar menos a remoer nas coisas ou recriminar-me
□  Manter a casa mais arrumada
□  Escrever as ideias que me vão surgindo e citações que vou encontrando
□  Fazer “flor” do desempenho profissional (Richard Bolles)
□  Manter um estilo de vida minimalista
□  Ir visitar a família mais vezes
□  Dar mais amor àqueles que gosto
□  Continuar empenhada no projecto da ComuniDaria
□  Cumprir esta lista de resoluções
□  …

“Concedei-me a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso mudar, a coragem para modificar aquelas que posso e a sabedoria para distinguir umas das outras.”

Que 2012 seja um ano cheio de saúde e amor para todos

Receita de Ano Novo

Para encerrar, uma receita de Ano Novo dada pelo Carlos Drummond de Andrade:
Receita de Ano Novo

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

2011: um pequeníssimo balanço...



Este ano passou rápido. Um simples resumo: mudei de gabinete (queria era mudar de emprego mas não se pode ter tudo), o meu projecto de capacitação das empregadas domésticas imigrantes foi destaque num site de empreendedorismo social, e ganhou um financiamento internacional pela associação…o que vai fazer que se desenvolva em 2012. Fui seleccionada para uma formação para empreendedores sociais mas, por motivos profissionais, não consegui ir, mas fui a outra que me deu imensas ideias para “pensar fora da caixa”. Viajei cá dentro (Évora, Montemor-o-Novo, Zambujeira, Sines, Salzedas e Lamego, S. Miguel - Açores…) e lá fora (Madrid de passagem, algumas horas no acampamento dos Indignados; Marraquexe e Essaouira – Marrocos; Saragoça e Pirinéus). O amor continou forte e saudável, a família está bem de saúde, a casa foi-se transformando num lar….  Houve algumas angústias pessoais e ansiedades pelo meio,  ultrapassei alguns medos e alguns dos meus limites…mas foi um ano tranquilo no geral. Balanço positivo, portanto.

28.12.11

Saldos...ou como é fácil o consumismo nos desconcentrar...

Aproveitando as prendas monetárias do Natal, achei que lhes tinha de dar uso. E pensei...hoje vou aos saldos. Pensei eu e pensaram centenas de pessoas. Ainda consegui ver algumas coisas mas depois comecei a olhar para as filas e desisti....volto depois.
Mesmo assim, antes da desistência, ainda deu para fazer estragos. Ia comprar calças e camisolas quentes que é o que preciso, no entanto trouxe para casa 3 vestidos da Promod que estavam a metade do preço.











Sim, a Primavera deve estar mesmo a chegar...eu sei que é isso que estão a pensar. Ou então, amanhã vou comprar camisolas quentinhas e collants para usar debaixo dos vestidos.

27.12.11

Rescaldo do Natal...

Este foi um Natal ligeiramente diferente, pela primeira vez dividido entre casas. Jantar cedo em casa dos "sogros", para depois fazer pouco mais de 100 km para passar o natal com a família de origem.
Uma mãe doente que recuperou na véspera, uma prima em 2ºgrau que morreu e tias passaram noite na capela...mas de resto correu bem... sempre na esperança que os natais vão melhorando ao longo dos próximos anos, quando a família começar a multiplicar e houver crianças a correr pela casa, na ânsia de abrir presentes.

A nível de presentes houve €€€ (dá sempre jeito), meias (também fazem sempre parte do Natal de qualquer pessoa), um colar, toalhas de mesa, bombons e...o melhor de tudo: livros :)
 
Pack de 3 livros de Miguel Sousa Tavares
Rio das Flores, Ismael e Chopin, No teu deserto


O último segredo, de José Rodrigues dos Santos


e outro de "Cozinha em 20 minutos"

26.12.11

Coisas que nos aquecem a alma...

Estes gaj@s do marketing da Coca-cola são mesmo bons. Eu que nem gosto de fazer publicidade a grandes multinacionais...fiquei rendida... este anúncio está mesmo, mesmo bom. Sacanas!


24.12.11

Feliz Natal....

FeLiZ  NaTaL !!!!!!!!!!!!!

20.12.11

Cena de filme...

Hoje, estava eu a passear na baixa, quando vejo vir o Nuno Lopes  na minha direcção com um ramo de flores. (já vos disse que o acho muito BOM actor?!)

Foi um momento lindo, parecia uma cena de filme...



...mas de uma comédia (romântica)...porque passou por mim, ainda roçou, mas seguiu o seu caminho... E não fui eu @ felizard@ com as flores :)

18.12.11

Remar, remar...

Há uma semana atrás estava a fazer canoagem no rio Ebro. Eu detesto água, não sei nadar, não é realmente o meu elemento. No entanto, deixei-me convencer. Tenho a dizer que foram 3 horas difíceis... que me relembraram que a minha forma física está mesmo em baixo. Até gostei de estar no meio do rio, a observar as aves no seu ambiente natural, a relaxar quando estava parada...mau, mau é mesmo ter de remar...remar não me apanham mais...dói-me tudo.

13.12.11

La cure gourmande

No centro de Saragoça, encontrei uma loja lindaaaaaa: La cure gourmande.


As prateleiras estão cheias de latas de bolachas e chocolates inspiradas em latas antigas do início do século passado, com aquelas ilustrações lindas. A loja é tão bonita e tão acolhedora.



Entretanto fui investigar e descobri que é uma marca francesa. Já há cá uma loja em Portugal, no aeroporto do Porto... não sei se tem a mesma piada no aeroporto, já que parece que encaixava bem era no centro histórico...mas se passarem por lá, dêem uma vista de olhos.

Não pude ficar muito tempo, acabei por não comprar nada, nem reparar nos preços (tinha ar de ser carote) mas fiquei deslumbrada.

12.12.11

Aviso...volta mas é para trás...


Parece que as SCUTS passaram a ser pagas desde o dia 8.

Vinha eu de regresso a Portugal, ainda a 200 kms da fronteira, depois de passar o fim-de-semana em tierras de nuestros hermanos quando começam a surgir aqueles placards electrónicos das estradas a avisar que em Portugal todas as auto-estradas se pagam...e isto apareceu muitas vezes até à fronteira.

Não vivesse eu em Portugal e tinha dado meia volta e voltado para trás.

(podem começar a dizer adeus a uma grande percentagem de turistas)

7.12.11

Botas de inverno...

Hoje rumo a Saragoça e talvez com dê uma escapadela até ao Pirinéus.
Comprei, na Decathlon, estas botas de caminhada para neve e tenho andado com elas para as experimentar.

Eu sei que é um bocado abuso andar de botas de neve, mas temos pena... que eu tinha os pés sempre gelados e agora andam superquentinhos.

4.12.11

A preparar alguns presentes...


Passei a manhã a cortar abóbora, já me dói a mão.
Esta tarde, com uma amiga, vou começar a fazer alguns presentes para o Natal "homemade". Pelas nossas previsões vamos fazer:
- doce de abóbora
- doce de tangerina
- licor de canela
- sal aromatizado
- azeite aromatizado
...depois mais próximo do Natal ainda quero fazer umas bolachinhas,...e ainda tenho de fazer etiquetas para isto tudo e arranjar uns cestos bonitos.
E voilá...

Entretanto já comprei também a prenda dos pais, do irmão e cunhada, da melhor amiga (do namorado ainda não comprei mas eu já sei o que vou dar)...ou seja, este ano já está quase tudo despachado, pelo menos os mais importantes, ainda no início de Dezembro e sem stresses. Muito bom :)