30.1.12

Temos de ser todos um pouco escritores...







" ... o escritor é um ser que deve estar aberto a viajar por outras experiências, outras culturas, outras vidas. Deve estar disponível para se negar a si mesmo.
Porque só assim ele viaja entre identidades. E é isso que um escritor é – um viajante de identidades, um contrabandista de almas. Não há escritor que não partilhe dessa condição: uma criatura de fronteira, alguém que vive junto à janela, essa janela que se abre para os territórios da interioridade."

in QUE ÁFRICA ESCREVE O ESCRITOR AFRICANO?, Mia Couto em Pensatempos, Caminho, 2005 



Não temos de ser todos um bocadinho escritores? Ou pelo menos tentar?

4 comentários:

cycle disse...

Negar-me a mim mesma...
Difícil para mim

krasiva disse...

é só um bocadinho...para sairmos da nossa zona de conforto e tentar perceber os outros...não é negar-nos a sério :)

Ana disse...

eu adoro o Mia Couto, ele escreve tão bem:)concordo muito com o texto
beijos

akapink disse...

Sou fã do Mia Couto! :)