9.3.11

Centenário do dia da mulher....



Não tive perto da net este fim-de-semana mas não queria deixar passar em branco o Dia da Mulher. Não sou feminista mas porque houve alguém que lutou para que hoje em dia tivesse direitos e oportunidades.

Em 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocuparam a fábrica a fim de reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas de trabalho para um de apenas 10 horas. Estas operárias recebiam menos de um terço do ordenado dos homens. Estas foram fechadas na fábrica e houve um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o dia 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". A finalidade deste dia é relembrar a importância da igualdade entre géneros, contestando e evitando preconceitos há muito solidificados na sociedade.

Às vezes penso que se tivessem nascido há umas décadas atrás não tinha a liberdade e a independência que hoje tenho, e isso provoca-me arrepios (não poder viajar, não poder votar, não poder ter uma voz activa,…). Para muita gente este dia não faz sentido, mas ainda há várias coisas que precisam ser mudadas (nos mesmos cargos, as mulheres continuam a ganhar menos que os homens, por exemplo) mas nem que fosse apenas para lembrar a luta do passado não me parece mal que este dia continue a existir.

2 comentários:

Ana disse...

Ainda há muita coisa que precisa de ser mudada, mas estamos no bom caminho :) Beijinho querida :)

Manuela disse...

Querida Krasiva, este dia para mim, faz sempre sentido, sobretudo pelas melhures que ainda o desconhecem totalmente, que devem ser 1/3 da população mundial feminina.
Beijinhos e obrigada pelo teu post :)