17.11.10

Conhecendo o desconhecido...

Vinha o autocarro completamente cheio hoje de manhã mas havia um lugar sentado, ao lado de um Sikh. Melhor para mim... que fui eu lá sentar-me. Soa-me que as pessoas receiam o que desconhecem.
Quem é de Lisboa de certeza que já encontrou Sikhs na rua e que lhes soou a misterioso, reconhecem-se pelo uso dos turbantes coloridos.

Então aqui fica alguma informação, do pouco que conheço dos Sikhs:

Sikhismo é uma religião monoteísta, ali da zona do Punjab (Paquistão e Índia).Os sikhs acreditam no KARMA, ou seja, que a realização de acções positivas gera recompensas positivas e permite alcançar uma vida melhor e o progresso espiritual; a prática de acções negativas leva à infelicidade e ao renascer em formas consideradas inferiores, como em forma de planta ou de animal.

Os três pilares do sikhismo são:
  • Manter Deus presente na mente em todos os momentos;
  • Alcançar o sustento através da prática de trabalho honesto;
  • Partilhar os frutos do trabalho com aqueles que necessitam.
Ou seja, pelo que conheço, os sikhs estão sempre prontos a ajudar os outros, é tipo a sua missão na terra.

O turbante, normalmente colorido, serve para cobrir os cabelos que nunca são cortados, para se sentirem mais perto de Deus e se lembrarem que terão de levar uma vida honesta e responsável. Os seus principais valores são: Disciplina, Honestidade, Integridade, Ética, Espiritualidade e Humildade.
Quando um homem Sikh usa um turbante, este deixa de ser apenas um pedaço de pano e torna-se parte de sua cabeça, pois ela é o templo sagrado da Alma.

Para além disso, são todos Singh de apelido.

7 comentários:

Ana disse...

Obrigada pela explicação :) Parece-me que esse modo de ver a vida, devia ser adoptado por muita gente :)

Beijinho querida. Tem um bom dia :)

Ivânia Santos (Diamond) disse...

Olá :)

Muito bom o post!

xoxo*

MAG disse...

Sempre a aprender. Obrigado e Bjs

...Ju... disse...

o que eu aprendo ctg!

Ana Sousa disse...

Mas sabes que já reparei que isso é normal, quero dizer, o lugar ao lado de um Sikh está sempre vazio e eu esfrego as mãos de contentamento, é que nesse ninguém me vai dizer "ó jóvem...".

As bases de "todas" as religiões são boas só que as pessoas é que desvirtuam aqueles ideais. No fundo deviam ser os ideias Humanos e não de uma religião em si.

:) ***

sentaqui disse...

Gostei de saber o que descreveste ácerca dos Sikhs ( não sabia que tinham este nome).
Também acredito no Karma, porque frequentei um centro budista.
Bons princípios os deles...gostei.

Beijinhos

Ana disse...

Não sabia! Obrigada, estamos sempre a aprender coisas novas! Uma filosofia de vida muito inspiradora nos dias que correm.