Os óscares...

Este ano concordo com a atribuição dos principais óscares.



Matthew McConaughey ganhou o óscar de actor principal,  na minha opinião brilhante como protagonista do "Clube de Dallas", e, claro, muito bem acompanhado pelo vencedor do papel secundário, Jared Leto. O vocalista dos 30 Seconds To Mars surpreendeu-me mesmo com a interpretação desta personagem. Ainda por cima é giro e com consciência social (raio do homem, é perfeito!).

Cate Blanchett já era também de prever como vencedora do óscar para actriz principal. Embora também tenha gostado muito da interpretação de Judi Dench em "Philomena". Não vi ainda o filme da Meryl Streep, que tenho a certeza que está perfeita como sempre, não é por nada que já foi nomeada 18 vezes.

Lupita Nyong'o nem me tinha apercebido antes que tinha sido nomeada mas realmente concordo com a atribuição do óscar. 

Quanto ao filme gostei muito do «12 anos Escravo», mas não sei se não gostei mais do Clube de Dallas. O Lobo de Wall Street não foi tão bom como esperava, talvez estivesse à espera de outro tipo de intriga/trama mas a interpretação do Leonardo diCaprio foi realmente de grande entrega pessoal. No entanto, não havia necessidade de durar 3 horas para a história que era. Gostei também muito do argumento do filme Philomena, reforçando a presença este ano de filmes baseados em histórias reais e que, logo por isso, ganham outra dimensão. No Gravidade adormeci a meio e a Golpada Americana só vi a primeira meia hora (entretanto a bebé chorou com fome) e não me cativou, talvez por isso ainda não o tenha acabado de ver.

Só ainda uma nota para o Steve McQueen que não ganhou o óscar para melhor realizador, mas que relembrou no seu discurso não só a tragédia da escravidão no passado, mas evidenciando a problemática da escravidão moderna na actualidade, realidade ignorada pela maioria das pessoas. 

Comentários

Ana disse…
Eu fiquei triste de mais uma vez o Dicaprio não ter ganho o Óscar, um dia ganha:)
beijinhos, espero que esteja tudo bem aí por casa:)

Mensagens populares deste blogue

E viva o 25 de Abril...

"Pessoas com vidas interessantes não têm fricote"

Calendário islâmico...