21.5.12

A pressão social é algo tramado...

Vou dizer isto pela milésima vez neste últimos 3 dias e informar, desde já, toda a gente...porque assim escusam de me voltar a perguntar, que eu já não tenho mais piadas para dizer e ainda me canso e parto para a violência.

Não, não me vou casar. 




Vou viver em pecado até ao fim dos meus dias. Sim, já sei que tenho idade mas não quero. Vou chamar namorado toda a vida ao meu jeitoso...e nunca marido. Não vou usar aliança. Vou viver junto sem assinar nenhum papel porque não vejo a diferença que esse papel possa fazer.
Mas, se por acaso, mudar de ideias ( o crescimento é mesmo assim, tudo pode acontecer), aviso desde já a quem me chateou este fim de semana no casamento da minha prima... vocês não estão convidados!!!
(agora deve estar tudo a dar saltos de alegria...para não terem de dar "fogaça")
Se houver casamento, sou só eu e o meu jeitoso numa ilha paradisíaca qualquer ...depois mando fotos a informar.


E só mais um aviso...a pressão social é uma coisa muito feia...controlem-se e não tentem impingir as vossas crenças aos outros... a diversidade traz mais riqueza ao mundo...



PS- só um esclarecimento...eu sou romântica...só detesto coisas muito formatadas e previsíveis...e acho que o romantismo tem de ser pessoal e único.

8 comentários:

Moa disse...

as pessoas são terríveis, não percebem que só chateiam!

Calos disse...

Entendo-te e concordo. Estou há 12 anos com o meu jeitoso, temos 3 filhos e nunca assinei papel nenhum nem prometi nada a ninguém.
E assim continuará...

Guilhim disse...

Não te chateies com isso! Também sou das que anda amancebada e feliz! Responde que te casas lá mais para o verão e o assunto fica arrumado!

MissApuros disse...

Cada um é livre de fazer o que bem entende . Desde que gostem um do outro não é uma papel que vai tornar o que vocês têm mais valido. Não ligues às pressões. Simplesmente faz o que bem entenderes, ninguém tem nada a ver com isso.

Anabela disse...

A pressão social é tramada... As pessoas acham que temos que ser todos iguais e têm um bocadinho de dificuldade em aceitar opções diferentes das suas...
Eu cá acho que fazes muito bem.
Bjs

Ana disse...

eu já nem ligo, vivo como quero e da maneira como quero, quanto a casar quando me perguntam respondo sempre que tenho mais onde gastar o absurdo que se gasta num casamento.
beijos

stiletto disse...

E se casasses, a seguir perguntava "então quando é que vem um bébé?!"
As pessoas têm sempre que dizer qualquer coisa.
O que importa é ser feliz!

Silvana Santos disse...

Por acaso sou casada pelo civil mas ainda nem aliança tenho! Não faz qualquer tipo de diferença ;)