13 de setembro - a minha visão





Das manifestações que já fui, esta foi a mais triste. Durante os primeiros metros até me pareceu um funeral, tal era o desânimo da cara das pessoas. Mais do que jovens, achei que até estava maioritariamente gente mais velha, gente da geração dos meus pais...mas havia uma diversidade enorme.

Estava muita gente, não sei se foi a maior, mas esta não foi igual às outras.

A única agitação da manif foi mesmo quando passei em frente do FMI, que nem sabia que era ali. Achei que devia ser um sítio importante porque era onde estava a polícia de choque, e que não devia ser por causa da  Multiópticas ou do Millenium que estavam ao lado...só depois percebi. Houve tomates a voar, vi uns bófias à paisana a deter dois rapazes...com toda a confusão que isso gera, com jornalistas a correr, pessoas a protestar ...

E depois ouvi um estrondo....um betardo a rebentar. Curioso como a maior parte das pessoas se assusta e recua, e eu e o meu namorado temos a reacção inversa, de irmos para a frente para ver o que se passa.   Que raio de impulsividade irracional...

Mas todos ficamos alerta... apesar de ser tudo pacifico às vezes as coisas descabam sem razão.  Mas não...foi tudo calmíssimo. Até demais...

Agora estou a ver as notícias...o pessoal está concentrado na Assembleia da República, só vejo polícia a chegar e o pessoal a ficar cada vez mais nervoso. Soa-me que isto hoje não vai correr bem... Há sempre uns cobardes de cara tapada que fazem merda.

Só sei que as pessoas estão cansadas, desiludidas e chegaram ao limite. Vamos ver as cenas dos próximos episódios.


Comentários

Ana disse…
eu não pude ir porque foi dia de trabalho mas acho triste que as pessoas tenham acordado tão tarde para a realidade...
beijos
Anónimo disse…
Olhe tenha tento na lingua portuguesa que é uma vergonha a maneira que escreve

Mensagens populares deste blogue

E viva o 25 de Abril...

"Pessoas com vidas interessantes não têm fricote"

Calendário islâmico...