O fim do anonimato...


Comecei este blogue porque tinha tempo, para servir de uma espécie de diário-auxiliar à minha memória e para escrever o que me apetecesse. O que mais gostava nele é que era anónimo... tinha liberdade total para escrever tudo.

Comecei a comentar um blogue da minha terra, e descobriram a minha identidade. Depois o meu irmão também ficou a saber e agora a minha mãe disse-me que vem diariamente ver o que escrevi. Convém informar que a minha mãe, que não percebe nada de computadores, aprendeu em grande parte só para vir aqui.

Não é que escreva aqui nada de especial, que a minha mãe não possa ler, mas se desabafo ela fica logo preocupada. E, para mais, agora quando penso em escrever alguma coisa começo logo a fazer uma pré-triagem na minha cabeça, tendo em conta que sei que algumas pessoas vão ler...o que não me agrada.. Tenho saudades da liberdade total.

Comentários

Anabela disse…
Como eu te compreendo... O meu sempre foi publico, mas ultimamente dou por mim arrependidinha... Há tanta coisa que eu gostava de escrever se ninguem soubesse da existencia dele!!!
Bjs
Catarina disse…
É complicado este teu caso...
Sempre podes decidir fazer outro blog;).

Bjs solidários
...Ju... disse…
como te entendo...
já terminei um blog, exactamente por isso!

mas levei as minhas visitas! ;)
mari disse…
eu tenho alguns amigos que me lêem e realmente é complicado, muitas vezes penso duas vezes antes de publicar ... mas tento me abstrair disso **
Ana disse…
também já passei pelo mesmo e pensei em acabar com o blogue. mas não. com o tempo habituei-me. normalmente quem me conhece nem diz nada sobre o blogue, eu é que puxo a conversa.
beijos
Anónimo disse…
MUDA DE NOME
estrela disse…
cria outro e vais aos nossos blogues e deixas uma pista!!
e nós começamos a seguir-te no outro....
xiu
Anónimo disse…
Escolhas que temos de fazer todos os dias...
Eu mudei :)
E tu, mudasti?! :P
MAG disse…
Deixa lá a minha sogra perguntou umas duzentas vezes ao meu home se estava tudo bem porque comentei no Blogue uma situação de uma amiga que se está a separar :S
Anónimo disse…
Deixa lá que eu sofro da mesma falta de liberdade.
Desde chamar-me mal-criada a dizer que tenho de ir ao psicólogo, a minha mãe já me disse de tudo, por causa da sua leitura assidua do feridas & calos.

Calos

Mensagens populares deste blogue

E viva o 25 de Abril...

"Pessoas com vidas interessantes não têm fricote"

Calendário islâmico...