O Herói de Hacksaw Ridge




 O filme "O Herói de Hacksaw Ridge" conta a história verídica de Desmond Doss, objetor de consciência durante a II Guerra Mundial, que queria servir o seu país em tempo de guerra mas que não queria pegar numa arma.


Adventista do Sétimo Dia e com episódios de violência doméstica que o marcaram (quase matou o irmão numa luta em criança sem querer, e teve vontade de dar um tiro ao pai quando este batia na mãe) negou matar alguém mas teve de batalhar para que o exército o deixasse ir para a frente de guerra, como socorrista desarmado.

As cenas de guerra, que representam a invasão de Okinawa, é muito realista, talvez das representações mais reais que já vi em filmes. Chegou a uma altura que já não aguentava tanta violência, mas gostei bastante, porque só assim refletimos verdadeiramente sobre os conflitos passados e atuais.

Do meio da violência, surge o humanismo, já que Desmond Doss, depois de uma retirada das tropas americanas, volta para salvar sozinho 75 soldados feridos em combate, que de outra forma teriam morrido sozinhos e em sofrimento atroz.


“O Herói de Hacksaw Ridge” é um filme sobre a fé, espírito de missão, coragem e altruísmo.  No final, aparece o verdadeiro Desmond Doss e alguns companheiros a dar alguns testemunhos, o que une ainda mais o filme todo.

Saí do cinema super inspirada, a pensar que devemos lutar sempre pelos nossos ideais, independentemente das consequências. E de ajudar os outros, sempre.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

E viva o 25 de Abril...

"Pessoas com vidas interessantes não têm fricote"

Calendário islâmico...