A árvore das chuchas


A Árvore das Chuchas - Quinta Pedagógica dos Olivais, Lisboa



Ontem foi um dia histórico cá em casa: tirei a chucha à minha filhota. Ela tem 2 anos e meio e andava completamente viciada, se pudesse andava todo o dia com a chucha. Tomei coragem e escondia-a. Pensei em fazer gradualmente, comecei por explicar-lhe, comecei a prepará-la mas não estava a resultar, não ligava nenhuma. Coloquei limão na chucha, nada. Disse que era para bebés, nada.

Ontem tomei coragem e puff....desapareceu. Entre justificações como "perdemos a chucha", o "monstro levou-a", a que colou melhor ainda foi que a "chucha" está na Árvore da Quinta Pedagógica dos Olivais e que ela conhece tão bem, porque todas as semanas lá vai.

Mesmo assim foi difícil, houve muita choradeira. Cortou-me o coração...mas teve mesmo de ser.


Quanto à Árvore, penso que a ideia foi importada da Noruega, onde as chuchas são penduradas em árvores de jardins públicos e acompanhadas por cartas de despedida, numa espécie de ritual de passagem, e assim as crianças podem sempre ir visitá-las quando tiverem saudades. Na maioria dos casos são os próprios miúdos que colocam na árvore como processo de emancipação mas no meu caso não foi possível, mas acho que é uma óptima sugestão.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

E viva o 25 de Abril...

"Pessoas com vidas interessantes não têm fricote"

Calendário islâmico...